Filtração por Membrana Multifuncional para Laticínios

As tecnologias de filtração por membrana da GEA são amplamente usadas na indústria de processamento de leite para concentração do leite fluido antes do transporte, para redução do teor de carboidratos do leite e para remoção de bactérias do leite de vida-de-prateleira estendida, do inglês (ESL).

Concentração do leite

A osmose reversa pode ser usada para remover a água do leite, o que reduz seu volume e, portanto, os custos de transporte. As plantas de filtração por membrana que estão localizadas junto de grandes fazendas de gado leiteiro podem concentrar o leite para até 45% de sólidos totais. Este nível de concentração iguala aquele que pode ser obtido por evaporação, mas uma vez que a osmose reversa não requer a aplicação de calor, o sabor permanece inalterado.

Redução dos carboidratos

A ultrafiltração é usada para reduzir os níveis de carboidratos no leite, para as pessoas que têm intolerância à lactose e para a produção de bebidas ricas em cálcio e proteínas e com teor reduzido de carboidratos. O mesmo processo pode ser utilizado para reduzir o teor de lactose dos sorvetes. Isto dá aos produtos um paladar mais suave e reduz o risco de cristalização durante o armazenamento a longo prazo. 

Se o leite é destinado à fabricação de queijos, os produtores de leite podem utilizar a ultrafiltração para reduzir o volume de leite, facilitando o transporte e extraindo parte dos carboidratos, os quais não são necessários para fabricar o queijo, e que podem ser usados como um ótimo alimento para bezerros.

Remoção de bactérias

A microfiltração é amplamente usada para a remoção de bactérias na produção de leite de vida-de-prateleira estendida, do inglês (ESL).