Filtração por membrana para produção de queijo

A filtração por membrana tem inúmeras aplicações na indústria de fabricação do queijo, resultando na melhoria de qualidade do produto e da eficiência do processo e consequentemente aumentando o rendimento e a produtividade da fábrica. O uso da filtração por membrana como uma alternativa às técnicas de fabricação de queijos tradicionais impulsiona a inovação nesta indústria altamente competitiva.

Padronização do leite para queijo

A composição do leite para queijo pode variar, dependendo da fonte do leite e de fatores, tais como mudanças na dieta do gado leiteiro ao longo do ano. A tecnologia de filtração por membrana da GEA pode ser utilizada para padronizar o teor de gordura e o teor de proteína de leite para queijo, de modo a satisfazer os requisitos específicos de cada produto, e para compensar as variações na composição do leite. Isso significa que os fabricantes de queijo podem usar o mesmo processo de fabricação durante todo o ano e ter a certeza da consistência do seu produto final.

Produção de queijo

A filtração por membrana para produção de queijo pode ser usada como uma alternativa às técnicas tradicionais de produção de queijo, como, por exemplo, separação do soro do leitecom ou sem a adição de agentes coagulantespara aumentar o rendimento e manipular as propriedades do queijo, como parte do desenvolvimento de novos produtos.

Clarificação de salmoura

A salmoura é usada para curar diversas variedades de queijo. Durante o processo, as gorduras e as proteínas são perdidas do queijo para a solução de salmoura. A salmoura pode ser contaminada com bolores e células de leveduras que podem alterar o sabor do queijo e e prejudicar a vida de prateleira do produto. Contudo, a eliminação da salmoura é cara e, muitas vezes proibida devido ao seu alto teor de sal. A tecnologia de ultrafiltração da GEA pode ser usada como uma técnica prática e ambientalmente sustentável para separar as células de gordura, proteínas, bolores e leveduras da salmoura, de modo que a mesma, possa ser reutilizada com seu equilíbrio químico mantido.

Fortificação do leite para queijo

Assim como a padronização do leite, as tecnologias de ultrafiltração da GEA podem ser usadas para fortificar o leite, aumentar a concentração de gorduras e proteínas (especialmente a proteína caseína) que são essenciais para a fabricação do queijo, reduzindo ao mesmo tempo a quantidade de componentes menos importantes, tais como a lactose. Com isto há redução no volume de alimentação do processo, permitindo efetivamente que os fabricantes de queijo aumentem a eficiência de seus equipamentos, removendo componentes não essenciais antes do processo de dessoragem. Os níveis de fortificação podem ser manipulados para atender a capacidade do processo, sendo comum o aumento dos níveis de concentração de gordura e proteína em até 25%. 

 

Água de lavagem, CIP e recuperação do produto

A GEA também oferece sua tecnologia de filtração por membrana comprovada para a recuperação de água de lavagem, produtos químicos do CIP e resíduos do produto. Isso resulta em economia de dinheiro através da redução do uso de matérias-primas, e também apóia um processo ambientalmente mais sustentável, gerando um fluxo de produto de valor acrescentado.