Tratamento de efluentes eficiente e amigável ao meio ambiente na produção de azeite de oliva

Como resultado do seu alto teor de polifenóis, ácidos graxos e substâncias orgânicas, os efluentes da produção de azeite de oliva representam um crescente problema ambiental. É verdade que, atualmente, os modernos processos de produção proporcionam importante contribuição no sentido de reduzir o volume de efluentes. Mesmo assim, isso não muda o fato de que aproximadamente 200 litros de água devem ser usados para cada tonelada de azeitonas processadas, e esse efluente contém óleo e partículas extremamente finas. Para garantir o tratamento ecológico desses efluentes, a GEA apoia a indústria com tecnologias inovadoras que não só reduzem consideravelmente o volume de efluentes, como também permitem que todos os resíduos sejam totalmente reciclados, criando assim um valor ecológico e econômico agregado.

Tratamento de água industrial eficiente com Decanteres GEA

Olive Oil Recovery

Do lodo concentrado até o lodo reciclado por meio de processos de sedimentação ou flutuação, nossos poderosos Decanteres tratam a água industrial obtida de modo a separar com segurança o óleo residual e as micropartículas do efluente, para que um azeite de oliva de alta qualidade possa ser produzido e permitindo que a produção de azeite aumentem consideravelmente seu rendimento. O processo não só permite que o volume de efluentes seja reduzido em 15%, como também reduz todos os parâmetros que são relevantes para a avaliação de efluentes. Isso também significa uma redução nas despesas com efluentes.

Concentração com eficácia energética usando instalações de concentração GEA

Como uma solução ecológica para o tratamento de efluentes provenientes da produção de azeite de oliva, também fornecemos uma tecnologia de concentração altamente eficiente com a qual o efluente pode ser concentrado com segurança em até 50% de matéria seca. O concentrado pode ser posteriormente utilizado como fertilizante ou, depois que a matéria seca tiver aumentado ainda mais, ela pode ser incinerada e utilizada para gerar energia eléctrica. A água evaporada é condensada e pode ser reutilizada como água industrial. As instalações de concentração da GEA podem ser inteiramente operadas com o uso do calor residual de equipamentos periféricos e, portanto, apresentam um funcionamento extremamente eficiente em termos de energia.

  • Métodos ecológicos e de valor agregado para o tratamento de efluentes gerados pela produção de azeite de oliva
  • O processamento com Decanteres GEA garante uma menor carga de efluentes, custos de eliminação reduzidos e ganhos de produtividade adicionais
  • Instalações de concentração com eficiência energética devido ao uso de calor residual para uma concentração confiável