PowerPak PLUS: Projetado com todo empenho

PowerPak PLUS: Projetado com todo empenho

O melhor lugar para começar, é no início: não assumir nada, olhar os fatos e responder aos problemas da vida real com soluções práticas. Foi o que fizemos com o PowerPak PLUS: perguntamos aos clientes onde poderíamos fazer melhorias - e eles nos disseram. Eles listaram 20 áreas-chave que precisávamos abordar, então nós as tratamos, uma a uma.

Uma questão pessoal

Foram as pessoas que o fizeram funcionar. Uma equipe de especialistas que poderia direcionar sua paixão para alcançar a excelência; perfeccionistas que estavam preparados para se orgulharem de seu trabalho, mas somente quando tivessem certeza que haviam acertado. Pessoas como Volker, o Gerente-Executivo de Produtos que estava focado em tornar a máquina mais fácil, melhor, mais rápida e mais barata; Thomas, o Gerente de Vendas de Produtos que precisava realmente acreditar no produto que estava vendendo; Daniela, a Desenhista Técnica que colocou tudo exatamente onde deveria estar; Jochen, o Engenheiro de Software ligado na automação; e muitos outros.

Estas são suas histórias pessoais...

Volker Sassmannshausen

Volker Sassmannshausen - Gerente-Executivo de Produtos para Termoformagem

Para Volker Sassmannshausen, a evolução da máquina de termoformagem GEA PowerPak PLUS foi uma lição objetiva de princípios de marketing: ao invés de construir uma máquina e vendê-la ao mercado, a GEA adotou uma abordagem mais purista ao perguntar aos clientes o que eles queriam para depois a construir. O projeto foi focado exclusivamente nas necessidades do mercado. 

"Perguntamos aos usuários da tecnologia de termoformagem como eles gostariam de ver seu equipamento melhorado", disse Volker. "Eles nos deram uma lista de 20 pontos-chave, incluindo melhor manuseio do filme, troca mais rápida, acesso mais fácil e embalagem mais segura. Colocamos nossos engenheiros a trabalhar para analisar cada ponto individualmente e realizar as melhorias. Todos nós fomos os responsáveis”. 

Volker explicou que seu objetivo principal era tornar a nova máquina mais fácil, melhor, mais rápida e mais barata do que qualquer outra versão anterior ou qualquer outra no mercado atual. "As mudanças que fizemos se combinam para tornar a máquina mais simples de operar, com melhor qualidade de embalagem, menos consumo de filme e melhor flexibilidade para que diferentes embalagens possam ser manuseadas na mesma máquina", disse ele. "Foi um verdadeiro prazer trabalhar neste projeto porque sabíamos que estávamos fazendo exatamente o que nossos clientes queriam". 

Uma inovação útil é a calculadora de economia da GEA, que identifica com precisão a economia esperada do PowerPak PLUS para qualquer aplicação. "Ela retira todo o trabalho de adivinhação da decisão de escolher o PowerPak PLUS", disse Volker.

Thomas Mitterfellner

Thomas Mitterfellner - Gerente de Vendas de Produtos

Do ponto de vista de vendas, o novo termoformador PowerPak PLUS tem sido um sonho para Thomas Mitterfellner. Desde seu lançamento em maio de 2019 que ele disse que ficou encantado com seu sucesso, tanto quanto seus clientes ficaram com seu desempenho. 

Thomas disse que a primeira coisa foi pesquisar o mercado para descobrir exatamente quais melhorias os clientes desejavam em seus equipamentos de termoformagem. Tendo feito isso, a GEA começou a converter esses "pontos de aperto" em "pontos positivos" para a nova máquina. "É por isso que se chama PowerPak PLUS", disse ele. 

O equipamento anterior tinha que ser continuamente monitorado pelo pessoal, pois eram necessários ajustes contínuos para manter a qualidade da embalagem. "Mas com o PowerPak PLUS a máquina mantém a tensão no filme em um nível ideal e faz os ajustes necessários automaticamente para garantir uma selagem de alta qualidade mesmo quando se usa filme de má qualidade ou mais fino, ajudando a economizar dinheiro em custos de material", disse Thomas. "É realmente fácil de usar para que o operador tenha mais tempo livre para realizar outras tarefas".

Outro benefício chave é a força inferior aplicada ao filme superior durante a selagem. "É mais de 50% inferior do que dos nossos concorrentes", disse Thomas. "Isto ajuda a evitar embalagens abertas que possam causar recalls de produtos muito caros". 

Para Thomas, como Gerente de Vendas de Produtos, é um grande prazer ter um produto que ele acredita 100% e que tem tido um feedback tão extraordinário dos clientes desde seu lançamento em maio de 2019. Já mais de 80% de seus pedidos são para o PowerPak PLUS, com clientes voltando sempre para novas máquinas. "Temos visto até mesmo clientes que estão retornando para nós que não víamos há dez anos ou mais", disse ele. "Eles são nossos maiores anunciantes". 

"Temos visto clientes que estão retornando para nós para comprar o GEA PowerPak PLUS que não víamos há dez anos ou mais. Este é nosso maior sucesso", Thomas Mitterfellner, Gerente de Vendas de Produtos

Frank Sabato

Frank Sabato - Designer Mecânico

Frank Sabato foi o principal desenvolvedor das funções do GEA PowerPak PLUS. Ele trabalhou no projeto de 2013 até 2018. 

Disse ele que durante o redesign, a GEA realizou inúmeras pequenas mudanças, todas destinadas a tornar a máquina mais estável e mais fácil de operar. Assim sendo, há algumas novas características de design que ele sente que são particularmente significativas para os clientes.

"Em todos os termoformadores o filme passa por uma série de rolos", explicou ele. "Com o novo PowerPak PLUS, reduzimos o número de rolos para que seja muito mais fácil e rápido de introduzir o filme. Isso significa que os operadores não precisam de treinamento especial e reduz as chances de erros". A GEA também padronizou o desenho dos rolos de forma que todos eles sejam idênticos e, portanto, intercambiáveis. "Isso torna a manutenção muito mais fácil". 

"Reduzimos a tensão no filme à medida que ele passa pela máquina", disse Frank. "Isto significa que é possível utilizar filmes mais finos, mais econômicos e ainda ter uma embalagem de primeira qualidade". Menos tensão também significa que não há necessidade de usar filmes multicamadas, pois a máquina funciona perfeitamente com filmes mono que são preferidos pelos supermercados, pois são fáceis de reciclar". 

O alinhamento do filme também é uma parte crítica do processo. À medida que o filme passa por um termoformador padrão, ele pode ficar fora da correia de transporte. Isto deve ser corrigido manualmente, o que requer que o operador esteja em constante vigilância. "Mas projetamos o PowerPak PLUS com um sistema motorizado de posicionamento axial da banda que mede constantemente a posição do filme e realiza as correções apropriadas automaticamente", explicou Frank. "Isto requer menos mão-de-obra, é mais confiável e evita o desperdício de filme". E ao apoiar os rolos em ambas as extremidades evitamos que o filme saia do alinhamento". 

"Reduzimos significativamente a tensão no filme. Isto significa que agora é possível utilizar filmes mais finos, o que pode reduzir significativamente seu consumo", Frank Sabato, Designer Mecânico

Daniela Kramer

Daniela Kramer - Desenhista Técnica

Daniela Kramer foi a responsável pelo design da parte da carcaça da estação de selagem, bem como pelo desenho técnico do desenho do filme superior e inferior do termoformador GEA PowerPak PLUS. Diz ela que o seu desafio foi garantir que o design da estação de selagem fosse claro e arrumado, de modo que a área total de ocupação da máquina fosse a menor possível e ao mesmo tempo permitisse espaço suficiente para oferecer fácil acesso para a manutenção e limpeza. 

"Sabíamos que os clientes precisavam de uma máquina compacta que fosse fácil de manter e fácil de limpar", disse ela. "Para fazer isso, tive que me certificar de que tudo estivesse posicionado no lugar certo para facilitar o acesso aos componentes pelo pessoal da manutenção". 

Daniella disse que, para ela, a simplicidade era a chave. "Sabíamos que se déssemos à máquina um design arrumado que incluísse todas as vantagens funcionais, a máquina seria mais fácil de operar, a troca de filmes e a manutenção seriam mais fáceis, e a máquina seria mais eficiente. Era isso que eles queriam e, acredito, nós conseguimos". 

"Sabíamos que se déssemos à máquina um design arrumado que incluísse todas as vantagens funcionais, a máquina seria mais fácil de operar, a troca de filmes e a manutenção seriam mais fáceis, e a máquina seria mais eficiente. Era o que nossos clientes queriam e, acredito, nós conseguimos". Daniela Kramer, Desenhista Técnica

Frank Runte

Frank Runte - Engenheiro Mecânico

Frank Runte foi responsável pelo design da carcaça ao redor da estação de selagem no PowerPak PLUS. Em muitos termoformadores, os clientes relataram que esta era uma área potencial de contaminação que precisava receber atenção. 

Os termoformadores tradicionais usam tampas de segurança que devem ser removidas antes que um operador possa inspecionar o processo ou trocar o filme. Isto era um problema para os clientes porque as tampas eram lentas e difíceis de manusear, podiam facilmente se danificar o que impediria o funcionamento da máquina e porque as tampas eram normalmente colocadas no chão da fábrica, podiam captar potencialmente a contaminação e gerar um risco de higiene para todo o processo. 

"Mas nós olhamos para a área de forma diferente", disse Frank. "Em vez de tampas de segurança, usamos portas deslizantes transparentes no PowerPak PLUS". As portas facilitam a visualização do processo e, caso seja necessário o acesso, podem ser facilmente abertas e alojadas dentro da própria máquina. Isto permite fácil acesso e ajuda a prevenir a contaminação. "Pode parecer uma evolução óbvia, mas faz uma grande diferença para nossos clientes", disse Frank. 

"Em vez de tampas de segurança, usamos portas deslizantes transparentes no PowerPak PLUS". Pode parecer uma evolução óbvia, mas faz uma grande diferença para nossos clientes", Frank Runte, Engenheiro Mecânico

Jürgen Niesar

Jürgen Niesar - Engenheiro de Desenvolvimento

Jürgen Niesar é o engenheiro de desenvolvimento responsável por fornecer os recursos necessários para o redesign do PowerPak PLUS. Como em qualquer grande empresa, a GEA tem que gerenciar cuidadosamente seus recursos, em termos financeiros e de mão-de-obra, para assegurar que está refletindo os desejos de seus clientes e para lançar novos produtos e serviços de uma maneira comercialmente viável. 

"É sempre um desafio priorizar recursos para um projeto como este", explicou ele. "Mas a evolução do PowerPak PLUS foi baseada no feedback do cliente, o que é muito convincente. Quando nossos clientes nos dizem o que querem, precisamos fazer tudo o que pudermos para lhes dar". 

Uma área do desenvolvimento que provou ser um grande avanço para a GEA é o novo sistema motorizado de posicionamento axial da banda que a GEA patenteou. "Ele tem resolvido uma série de preocupações manifestadas por nossos clientes, fornecendo-lhes embalagens mais confiáveis com custos reduzidos de mão-de-obra e material", disse Jürgen.

E acrescentou: "Tem sido um privilégio trabalhar com uma equipe de profissionais tão experientes e dedicados neste projeto. Entre nós, acho que demos um enorme passo em frente na tecnologia de termoformadores, melhorando a eficiência e a qualidade para nossos clientes, permitindo o uso de materiais mais facilmente recicláveis e criando uma vantagem comercial para nós sobre os nossos concorrentes". 

"Tem sido um privilégio trabalhar com uma equipe de profissionais tão experientes e dedicados neste projeto. Entre nós, acho que demos um enorme passo adiante na tecnologia de termoformadores", Jürgen Niesar, Engenheiro de Desenvolvimento.

Jochen Rehn

Jochen Rehn - Engenheiro de Software

Jochen Rehn é o engenheiro de software responsável pelo design do sistema de controle para o novo termoformador PowerPak PLUS da GEA. Afirma ele que seu ponto de partida foi olhar para a máquina anterior e descobrir o que poderia ser feito melhor para atender às necessidades dos clientes. 

"A tensão do filme era crítica", disse ele. "No passado, a tensão do filme havia sido monitorada em grande parte pela experiência dos operadores e depois ajustada manualmente, se necessário. Queríamos fazer deste um processo automático para aumentar a precisão e reduzir a supervisão necessária do operador". 

O controle da tensão do filme foi importante para permitir que os usuários utilizassem filmes mais finos, menos caros e mais facilmente recicláveis. "Mas estes filmes finos podem ser facilmente esticados em demasia se você não conseguir a tensão correta", explicou Jochen. "Isto pode causar distorção e tirar as etiquetas do formato, tornando-as difíceis de ler". 

Este foi um novo conceito para a GEA. "Ninguém tinha feito isso antes, então estávamos abrindo novos caminhos em termos de desenvolvimento de máquinas", disse Jochen. "Nosso software tinha que controlar a operação e o ajuste de uma série de válvulas e cilindros dentro de tolerâncias apertadas. Ele também nos permite traçar o filme, da esquerda para a direita, para garantir um alinhamento perfeito, gera menos desperdício e embalagens de melhor qualidade com menos mão-de-obra envolvida. É realmente um sistema único".

"Ninguém tinha feito isto antes, então estávamos abrindo novos caminhos em termos de desenvolvimento de máquinas". É realmente um sistema único", Jochen Rehn, Engenheiro de Software

Steffen Eschenroeder

Steffen Eschenroeder - Inspetor de Pré-entrega

Steffen Eschenroeder é o inspetor de pré-entrega do novo termoformador PowerPak PLUS da GEA. Ele testou a máquina protótipo, observando atentamente seu desempenho para cada aplicação. "Eu recomendei ajustes após os testes iniciais e tenho estado envolvido de perto no projeto desde então para garantir que as máquinas tenham o mais alto nível de desempenho para cada um de nossos clientes", explicou ele.

Para Steffen há duas melhorias fundamentais que colocam a nova máquina acima das suas antecessoras e, Steffen acredita, das suas concorrentes atuais. Em primeiro lugar, é o seu tamanho, com rolos de filme mais largos e índices mais longos. "Onde outros sistemas atingem seus limites, o PowerPak PLUS não tem problema".

Mas, igualmente importante na sua perspectiva é o nível de controle sobre a tensão nas emendas. Ele toma como exemplo as aplicações médicas. "As aplicações médicas exigem muito das emendas seladas", explicou Steffen. "Esta nova tecnologia significa que a tração sobre as emendas seladas pode ser controlada com um grau de precisão muito alto. Esta é uma enorme vantagem sobre outras tecnologias, pois permite a criação de um selo hermético e robusto sem risco de deformação da embalagem ou da etiquetagem e sem falhas de selo causadas pelo excesso de tensão.

Também importantes para Steffen são as portas de inspeção deslizantes que mantêm a área do piso arrumada, evitam danos que podem ocorrer às portas extraíveis e ajudam a manter a higiene. "Introduzimos o PowerPak PLUS em 2019 e, desde então, ele já representou mais de 80% de nossas vendas. É uma melhoria significativa em relação aos seus predecessores e, acredito, ele é agora o líder tecnológico em seu setor".

“É uma melhoria significativa em relação aos seus predecessores e, acredito, ele é agora o líder tecnológico em seu setor", Steffen Eschenroeder, Inspetor de Pré-entrega