Em junho de 2019, a empresa ucraniana de refino de óleo comestível Privat Enterprises OLIYAR selecionou a GEA como parceira para um projeto de extensão e otimização de sua produção existente de óleo de girassol e canola.

Seus ambiciosos objetivos para esta expansão exigiam:

•    melhorar a qualidade do óleo
•    aumentar a disponibilidade das máquinas e a produtividade do processo
•    reduzir seus custos fixos
•    reduzir seu investimento inicial, aproveitando a experiência do GEA em processos

A solução padrão para uma linha de processamento que lida com água e degomagem especial é uma linha em duas etapas. Entretanto, dadas as especificações da Oliyar para melhorar a qualidade do óleo, isto criou oportunidades de economia de custos potenciais na forma de uma solução de processamento em uma etapa.

A empresa de refino de óleo comestível Privat Enterprises OLIYAR é uma das principais produtoras de óleo vegetal na Ucrânia.
A empresa de refino de óleo comestível Privat Enterprises OLIYAR é uma das principais produtoras de óleo vegetal na Ucrânia.

A GEA não ofereceu uma solução padrão simples, mas projetou o novo processo de refino exatamente de acordo com nossas necessidades e especificações, com o resultado de que agora podemos lidar com ambos, degomagem da água e degomagem especial em uma única etapa". - Taras Tsybuh, Gerente de Produção, Oliyar

As características do Separador GEA RSI aumentam a qualidade do produto e a produtividade

O processamento de óleo comestível é complicado porque, como produto natural, pode ter composições variadas. Em particular, a composição dos componentes indesejáveis varia e se o separador não puder se adaptar a essas variações, o resultado da separação e, consequentemente, a qualidade e o rendimento do óleo, diminuem.

Os separadores GEA RSI vêm com uma característica que permite aos clientes ajustar as configurações do seu separador durante o processamento para garantir que o óleo atenda suas especificações específicas de qualidade. É exatamente esta característica reguladora dos separadores de refino da GEA que permitiu que a Oliyar se adaptasse às diferentes composições de forma tão flexível para que que os rendimentos fossem maximizados e a qualidade do óleo estivesse sempre de acordo com as especificações.

Separador GEA RSI 170, especificamente projetado para a indústria de refinaria de óleo comestível.
Separador GEA RSI 170, especificamente projetado para a indústria de refinaria de óleo comestível. As características incluem regulador, transmissão direta integrada, alimentação hidro-hermética e pistão acionado hidraulicamente. Características individualmente pequenas, que coletivamente se somam à alta produtividade do processo e disponibilidade da máquina.

Os separadores GEA RSI também vêm com uma transmissão direta integrada, um sistema de acionamento flangeado diretamente ao eixo que transmite potência sem nenhum sistema de suporte, como engrenagens ou correias. Este projeto resulta em economia de energia, bem como menos desgaste para manutenção e tempo de inatividade.

Outra característica chave para aumentar o desempenho é o fato de que o mecanismo de abertura e fechamento das cubas nos separadores GEA é puramente hidráulico. Enquanto funciona, a cuba se abre periodicamente para descarregar os sólidos que se acumularam no interior. Para isso, um pistão é abaixado por uma fração de segundos durante a operação, e os sólidos coletados são projetados enquanto a cuba gira a toda velocidade. Os separadores modernos dependem da operação totalmente hidráulica de mover o pistão ao invés de peças mecânicas como, por exemplo, molas. As molas podem se desgastar com o tempo fazendo com que o período de operação do pistão seja impreciso, o que resulta em perdas de produto e, em última análise, rendimentos mais baixos. Além disso, o desgaste pode levar a maiores esforços de serviço com maior tempo de inatividade de sua centrífuga.

Finalmente, o sistema de alimentação hidro-hermética da GEA apresenta um design de máquina simples e confiável, aumentando a disponibilidade da máquina e a produtividade geral do processo, particularmente quando comparado a sistemas que requerem vedantes mecânicos adicionais. Em contraste, o sistema de alimentação hidro-hermética da GEA utiliza o próprio produto para vedar a área de processamento e, portanto, requer menos peças de desgaste.

Qualidade e perseverança: superar as expectativas apesar de uma pandemia global

Embora a Oliyar tivesse muitas boas razões para escolher a GEA como seu parceiro durante a fase de aquisição, a execução do projeto e o desempenho das máquinas era primordial.

Entre a assinatura em 2019 e a entrada em funcionamento em julho deste ano, muita coisa havia mudado. Acima de tudo, quase toda a Europa estava confinada devido à propagação do coronavírus. Isto tornou impossível para os especialistas em processos da GEA na Alemanha viajar para a Ucrânia. A equipe de Serviço Ucraniano está perfeitamente montada e capacitada para fazer todo o trabalho de serviço e manutenção necessário para as centrífugas e tem muita experiência quando se trata de comissionamento. Mas a nova linha de processamento da Oliyar não era uma solução padrão simples, por isso foi necessário o apoio dos especialistas em refino da Alemanha. A fim de manter os prazos, a equipe alemã organizou um programa de treinamento intensivo para os colegas da GEA na Ucrânia através de videoconferência. A equipe local da GEA foi orientada durante todo o processo de comissionamento, passo a passo para que pudessem realizar o mesmo processo nas instalações do cliente.

As ferramentas digitais da GEA, como o Acesso Remoto para instalação e comissionamento também se mostraram valiosos durante o projeto. Através do M-Guard, uma conexão segura à Internet, especialistas em processos e aplicações da Alemanha puderam acessar remotamente o sistema de controle da linha de processamento na Oliyar. Isto permitiu que a GEA pudesse oferecer suporte com testes, acionando e otimizando os sistemas centrífugos da Oliyar sem estar no local. Através desta mesma tecnologia, que dá à GEA acesso às máquinas do cliente, os clientes também podem contar com um rápido back-up para qualquer problema, aproveitando nosso know-how de processamento e separação. Durante o comissionamento, os especialistas de processos da GEA e de automação da Alemanha "compareceram" a todos os testes virtualmente, interagindo e se envolvendo no processo como se estivessem no local, quando na verdade estavam a alguns milhares de quilômetros de distância.

Os resultados superaram as expectativas, tanto com a capacidade de produção quanto com os resultados de separação, alcançando resultados melhores do que os prometidos nos KPIs originais". - Taras Tsybuh, Gerente de Produção, Oliyar

A Oliyar produz óleo de girassol sob as marcas "Majola", "Sonyashna", "Rodynna" e "Oliyar".
A Oliyar produz óleo de girassol sob as marcas "Majola", "Sonyashna", "Rodynna" e "Oliyar".
Voltar