A Brauerei Locher, uma cervejaria européia de tamanho médio em Appenzell, na Suíça, estava crescendo. Eles precisavam aumentar a capacidade e, ao mesmo tempo, se focar no desenvolvimento sustentável. Juntamente com os especialistas em cervejarias da GEA, foi encontrada uma solução que atendia a todos os seus requisitos.

Propriedade da família Locher desde 1886, uma combinação de tradição e inovação foi o fator principal para o sucesso da empresa. As cervejas especiais fabricadas ali têm um caráter único e diferenciado, derivado da produção artesanal e diligente. Desejando melhorar seu procedimento de filtração, no entanto, a GEA trabalhou com a cervejaria visionária para instalar a primeira linha de processamento GEA clearamic BeerFiltration em escala industrial.

"Como cliente de longa data, a Brauerei Locher era o parceiro perfeito para capitanear nossa nova tecnologia", disse Sonja von Lieres, Gerente de Produtos, Tecnologias de Bebidas e Envase da GEA. “A GEA já havia instalado sua sala de brassagem, um bloco frio e um sistema de automação, por isso já tínhamos um relacionamento de trabalho próximo com a equipe operacional. Isso não quer dizer que o projeto recente não tenha envolvido uma série de desafios a serem superados“.

Filtração com cerâmica

A cerveja é normalmente filtrada para remover qualquer levedura e sólidos restantes, como proteínas e polifenóis à base de lúpulo. Isso geralmente é feito usando um pó mineral fino chamado kieselguhr. No entanto, muitos países implementaram agora regras apertadas relativas ao manuseio e descarte do kieselguhr, cujo comprimento pode ser dispendioso. Como resultado, a GEA vem explorando a filtração com cerâmica como alternativa.

"É uma solução perfeita", acrescenta Sonja: “Com a GEA clearamic BeerFiltration, a cerveja pode ser filtrada completamente sem resíduos e, como as membranas são cerâmicas, elas podem ser limpas com produtos químicos normais e possuem uma longa durabilidade. Isso as torna mais sustentáveis e econômicas”.

Tendo discutido os benefícios e vantagens, a Brauerei Locher concordou em experimentar a nova tecnologia. O sistema Locher compreende um bloco de oito módulos de membrana de cerâmica, cada um com 45 membranas, um tanque equilíbrio sem filtração, uma conexão ao material e seu próprio trilho de clean-in-place (CIP), que assegura um rendimento de 100 hL/h de cerveja filtrada, sem resíduos e produzida de forma sustentável.

É uma solução perfeita, com a GEA clearamic BeerFiltration, a cerveja pode ser filtrada completamente sem resíduos e, como as membranas são cerâmicas, elas podem ser limpas com produtos químicos normais e possuem uma longa durabilidade. Isso as torna mais sustentáveis e econômicas”.–Sonja von Lieres, Gerente de Produtos, Tecnologias de Bebidas e Envase da GEA

A avaliação sensorial

“Foi uma jornada emocionante porque, em primeiro lugar, tivemos que continuar ajustando o processo para obter os parâmetros de sabor e qualidade corretos; em segundo, tivemos que atender aos altos padrões do cervejeiro e dos fabricantes de cerveja, porque a qualidade e o sabor exclusivo de sua cerveja são muito importantes para eles”, observa Sonja.

Durante a avaliação sensorial, no entanto, a equipe da Locher provou a cerveja que foi filtrada usando o kieselguhr ou o novo sistema cerâmico para ver se eles percebiam a diferença. E, após alguns ajustes, todos ficaram satisfeitos.

Convencidos de que a clearamic cumpre tanto em termos de sabor quanto de qualidade, e que ela funciona automaticamente (durante um programa de uma semana), eles planejam usá-la para produzir a Quöllfrisch, sua cerveja emblemática. Karl Locher, dono da cervejaria, comentou: “A abordagem sustentável que este sistema oferece corresponde perfeitamente à nossa meta corporativa de ser inovadora e respeitosa com a natureza nos Alpes suíços. Como proprietário e administrador responsável, o uso de kieselguhr ou material plástico no processo de produção não é mais uma opção”.

Para a GEA, o sucesso do projeto piloto significa que a equipe chegou a um ponto em que pode vender o produto para um público mais amplo. Para todos os efeitos, o conceito foi comprovado e agora está em operação comercial. “As membranas de cerâmica têm uma vida útil longa de 10 anos ou mais”, acrescenta Sonja, “o que afeta positivamente o desperdício, a manutenção e, é claro, o custo. A GEA clearamic BeerFiltration atende às necessidades de uma filtração de última geração de cervejeiros preocupados com o meio ambiente e complementa nossas soluções para todo o processo”. 

Voltar