O lítio é o metal mais leve conhecido pelo homem. Este terceiro elemento na tabela periódica está abastecendo o mundo moderno. As baterias de lítio modernas fornecem energia à dispositivos médicos, bens de consumo e industriais, além de poder armazenar a energia gerada pelas usinas elétricas. Mas será o uso das baterias de íon-lítio na próxima geração de veículos elétricos e híbridos que gerará maior impacto no mercado de lítio global. Não é surpresa que esse metal branco prateado e reativo seja frequentemente chamado de “petróleo branco”.

As diversas aplicações do lítio

O lítio é usado para armazenar energia, fazer ligas para peças de aviões e espaçonaves, formar compostos usados em vidro resistente ao calor, cerâmicas e graxas industriais. As baterias de íon-lítio recarregáveis revolucionaram o desenvolvimento de bens de consumo e industriais, desde ferramentas elétricas até dispositivos eletrônicos portáteis, incluindo smartphones e tablets. Baterias de lítio estão sendo utilizadas para armazenar energia produzida por plataformas eólicas e solares, ambas sustentáveis. Entretanto, a aplicação mais importante para o lítio pode estar nas baterias íon-lítio que podem revolucionar a próxima geração de veículos elétricos e híbridos da indústria automotiva. 

Aplicações do lítio

Mercado crescente de baterias para veículos elétricos

Não há dúvidas de que o mercado para o lítio vai disparar para satisfazer o mercado de veículos elétricos. Os analistas indicam que o mercado global de baterias de íon-lítio deve crescer de US$ 29,68 bilhões em 2015 para US$ 77,42 bilhões em 2024. Um relatório sugere que em 2040 os veículos elétricos representarão 35% de todas as vendas de carros novos. A Tesla, uma fabricante de veículos elétricos dos EUA, afirma que deve fabricar 500.000 carros elétricos anualmente nos próximos anos. A empresa está construindo uma fábrica imensa em Nevada, dedicada à fabricação de todas as baterias de íon-lítio necessárias para energizar os veículos.  

Demanda de lítio para veículos elétricos

O carbonato de lítio e o hidróxido de lítio são usados para produzir os materiais de diferentes tipos de bateria de íon-lítio. Os carros movidos por bateria elétrica estão se tornando cada vez mais atraentes para o transporte geral, pois estão sendo desenvolvidas tecnologias aprimoradas para baterias de íon-lítio com a finalidade de oferecer maior potência e densidade energética, aumentando a aceleração e permitindo deslocamentos entre maiores distâncias. 

Extração de lítio das pedras e lagos de salmoura subterrâneos

O lítio não é encontrado como elemento puro na natureza, mas sim contido em minérios encontrados em rochas e fontes minerais.  Cerca de 70% do lítio é atualmente extraído de sais minerais encontrados em lagos de salmoura subterrâneos. A Bolívia, o Chile, a Argentina e a China têm as maiores reservas conhecidas de lítio em salmouras abaixo da superfície das camadas de sal, incluindo o deserto do Atacama, no Chile. Os 30% remanescentes do lítio em minas são extraídos de depósitos minerais de espodumênio, petalita e lepidolita encontrados em rochas ígneas, principalmente na Austrália.  

Produção de lítio

Trabalhando em parceria com a indústria, a GEA desenvolveu tecnologias de evaporação, cristalização e secagem, fundamentais para produzir o lítio a partir de concentrados de salmoura ou espodumênio. Nosso portfólio inclui sistemas de filtração por membrana e precipitação para a remoção de impurezas, separação centrífuga de sólido/líquido e concentração, purificação e secagem por leito fluidizado para compostos de sal de lítio. Além disso, a GEA é líder mundial em experiência na secagem por pulverização de materiais avançados utilizados em baterias de lítio. 

"A GEA oferece um portfólio bastante amplo de tecnologias cobrindo toda a cadeia de produção do lítio”, disse Niels Erik Olsen, Membro da Diretoria Executiva da GEA e responsável pelas Soluções da Área Comercial.

Não existe uma solução “única para todos” em relação à secagem por pulverização de materiais de bateria de íon-lítio. Os engenheiros especializados em pó da GEA adaptam cada solução a cada aplicação e especificação, além de testarem a planta-piloto de forma completa, para garantir que o processo gere pós de qualidade superior e de forma consistente.

Ir para cima
Voltar

Quer saber mais?