PLANTA DE CRISTALIZAÇÃO POR EVAPORAÇÃO ZLD NA INDÚSTRIA HIDROMETALÚRGICA.

As considerações ambientais, juntamente com os benefícios econômicos de reutilização da água vem provocando o interesse da indústria em desenvolver uma nova tecnologia ZLD para o tratamento de efluentes líquidos.

Um processo ZLD híbrido foi desenvolvido para um efluente de uma instalação de produção de molibdênio da empresa chilena Molymet contendo entre outros, sulfato de amônio, cloreto de sódio, e também sulfato de magnésio e potássio. O processo está previsto para uma capacidade de águas residuais de até 110m3/h. O processo consiste numa seção de pré-tratamento com purificação de salmoura, seguida de uma pré-concentração através de osmose reversa (RO) e de uma concentração em um evaporador de filme descendente com MVR. Um cristalizador e uma separação sólida completam este processo, que produz água pura, sob condições ZLD, para a reutilização na unidade de produção. 

Enquanto as tecnologias existentes sejam bastante sensíveis ao entupimento e a incrustação, este processo é especificamente concebido para remover os respectivos componentes endurecedores e incrustantes previamente as unidades de concentrações. A utilização de RO em vez da evaporação permite uma significativa redução de custos e melhora a economia global do processo.

Para poder provar o novo processo, testes de laboratório e pilotos foram realizados, inicialmente nos locais do construtor da unidade e em um segundo momento no local da fábrica em uma larga escala. O maior foco era sobre a precipitação total do cálcio ser a pré-condição essencial para o aproveitamento econômico dos passos de concentração subsequentes(membrana, evaporação e cristalização), na forma que até mesmo o evaporador de filme descendente possa ser operado não-semeado, simplificando assim o desenho global do processo. 

O processo foi testado com sucesso e mostrou excelentes resultados. Os compostos críticos, ou seja, componentes que formam entupimento e incrustações, como por exemplo SiO2 coloidal, Mn e Fe, podem ser reduzidos abaixo de quaisquer concentrações críticas. 

Historicamente, a Molymet é uma indústria pioneira no cuidado com o meio ambiente. Desde a fundação, a empresa executa consistentemente investimentos e inúmeras ações destinadas a preservar e proteger o meio ambiente, estabelecendo medidas concretas para ir além das provisões feitas pela legislação.

O comissionamento da planta de águas residuais na Molymet foi um marco nesse sentido. Envolvendo 20 milhões de dólares de investimentos. Desde a sua instalação, a empresa ganhou vários prêmios com relação à sua política ambiental.

Voltar