Oskarström é uma pequena cidade com um grande ringue de gelo – não apenas para famílias e possíveis vultos da patinação. A gigantesca superfície de gelo é usada para jogar bandy, um tipo de hóquei e um esporte cada vez mais popular na Suécia.

Ringue de bandy/patinação de Strömvallen em Oskarström, Suécia

Com base no número total de jogadores ativos, o bandy é um dos esportes de inverno mais populares do mundo – perde apenas para o hóquei no gelo. Seu atrativo pode ser considerado como o amor pelo futebol na Alemanha. O bandy é jogado com paixão em todo lugar na Suécia. O pequeno município de Oskarström (pop. 4071) não é exceção. Onze times de bandy, cada um com onze jogadores, mais as inúmeras famílias e outros patinadores particulares representam a maior parte da população da cidade. Patins e capacetes podem ser emprestados de graça – o que torna o ringue de gelo cada vez mais atrativo para grupes escolares e outras organizações. Por isso, quando chegou o momento de trocar o velho sistema de refrigeração do ringue de gelo por um novo, os responsáveis de Strömvallen – o operador do ringue de gelo – tiveram que pensar em várias coisas. 

O dobro do tamanho

A capacidade do sistema foi uma das principais razões dos operadores quererem modernizar o sistema de refrigeração. A superfície de gelo em Oskarström mede 60×115 metros – o dobro do tamanho de um ringue de hóquei padrão. É muito gelo! O velho sistema instalado há mais de 15 anos atrás já não era capaz de oferecer a refrigeração necessária para uma superfície de gelo tão extensa. A confiabilidade dos compressores de parafuso verticais tinha se tornado um problema. A eficiência era outro aspecto importante. Tendo em conta o aumento dos custos de eletricidade, o novo sistema teria de ser mais econômico e mais fácil de manter.

Com uma média de 300 patinadores por dia, os operadores queriam se assegurar que o ringue de gelo estaria disponível com a maior frequência possível – em todas as condições climáticas. Aberto de novembro a fevereiro, a superfície de gelo deve ser mantida em uma temperatura estável de -5 a -1 °C por todos esses meses . 

A instalação rápida e prática era outra parte da matriz do projeto. A GEA usa a frase "Plug & Play" para caracterizar a facilidade de implementação da unidade compressora no sistema de refrigeração. Trata-se, no fundo, de uma unidade compressora de parafuso engenhosamente projetada, individualmente concebida para os requisitos de projeto específico por pessoas com uma vasta experiência no setor. 

Redefinindo o custo total de propriedade

Recém-saído do departamento de engenharia da GEA, o novo design do componente e a unidade compressora de parafuso de ponta garantem a confiabilidade do produto e uma maior durabilidade

E por último, mas certamente não menos importante, era a questão do custo – não apenas a etiqueta de preço da própria instalação. Os proprietários do ringue de gelo precisavam pensar nas despesas operacionais a longo prazo de todo o sistema, digamos, nos próximos 20 ou 30 anos. As unidades compressoras de parafuso Grasso M da GEA redefinem o custo total de propriedade reduzindo a despesa total em até 20%. Isso permitiu que os operadores do ringue de gelo encontrassem mais facilmente a uma solução viável.

Em cooperação com o Strömvallen, o prestador de serviço sueco Francks Kylindustri configurou um novo sistema usando duas unidades compressoras de parafuso Grasso M da GEA para trocar as velhas unidades de quatro compressores. Cerca de 40.000 metros de novas tubulações de 25 mm de diâmetro foram colocados a uma distância de 80 mm um do outro em um leito de cascalho sobre uma camada isolante. Depois da superfície ser gradualmente inundada com água, demorou cerca de uma semana para congelar completamente. Um corante branco foi usado no gelo para refletir a luz solar e reduzir o derretimento.  

As unidades compressoras de parafuso azul brilhante Grasso M da GEA instaladas no ringue de gelo Strömvallen geram uma capacidade total de resfriamento de 1490 kW – 20% a mais do que o antigo sistema. O espaço ocupado pelo maquinário é significativamente menor com duas ao invés de quatro unidades instaladas. Os motores de alta velocidade com inversores de frequência operando de 1000 rpm até 4500 rpm melhoram a eficiência de carregamento da peça. 

Como funciona

A tecnologia GEA conserva as grandes superfícies de gelo de modo mais eficiente: maior capacidade, pouca ocupação de espaço, menos manutenção, menor custo energético

O sistema é composto por dois circuitos. Um é preenchido com amônia, o outro com cloreto de cálcio. No ciclo da amônia, o sistema Grasso M da GEA comprime o gás frio evaporado a uma alta temperatura e nível de pressão. Ela é então condensado na nova torre de refrigeração instalada no exterior da sala de máquinas e se transforma em estado líquido a 30 °C. Através de um aparelho de expansão, a amônia liquefeita é liberada ao nível da pressão mais baixa do evaporador. Ali a amônia evapora e retira a energia do calor necessária a partir do fluido refrigerante secundário (cloreto de cálcio) antes de ser mais uma vez sugada para os compressores M. No segundo circuito, a salmoura de cloreto de cálcio que flui através do evaporador é resfriada a uma temperatura de suprimento de -12 °C. Distribuída por quatro bombas através de 40 km de tubulações, essa salmoura em baixa temperatura é utilizada para congelar a água e conservar a superfície de gelo. A salmoura retorna para o evaporador na sala de máquinas a uma temperatura de -9 °C.

Ecológica e eficiente

O uso da amônia (R717) como um refrigerante natural é altamente eficiente. Graças às suas propriedades físicas, este gás incolor é muito eficiente em termos energéticos. Usado nos processos de refrigeração, a amônia não contribui para o aquecimento global (GWP = 0) nem destrói a camada de ozônio (ODP = 0).

As operações diárias do ringie de gelo Strömvallen são bastante facilitadas com o painel de controle Omni™ e o display HD de 15.6" da GEA. O acesso remoto via OmniLink™ da GEA torna a manutenção e a assistência muito fácil e o OmniHistorian™ da GEA obtém um histórico de dados completo. 

A tecnologia inovadora é a chave para resolver os desafios modernos da refrigeração. Isto é significativamente demonstrado pelas unidades compressores da parafuso Grasso M da GEA. Modernizando seu sistema de refrigeração, os operadores do ringue de gelo foram capazes de aumentar a capacidade de resfriamento, maximizar a eficiência com menor consumo de eletricidade e reduzir o custo total de propriedade.

Características técnicas do sistema de resfriamento

  • Capacidade de resfriamento: 2 × 745 kW 
  • Velocidade do motor com inversor de frequência: até 4500 rpm 
  • Fluido refrigerante secundário: cloreto de cálcio 
  • Temperatura do fluido refrigerante secundário que entra/sai: -9/-12 °C
  • Refrigerante: Amônia (R717)
  • Temperatura de evaporação: -14.5 °C
  • Temperatura de condensação: 30.0 °C

Voltar