O ApolloMilkSystem é a mais recente tecnologia da GEA para salas de ordenha que submerge, lava e enxagua automaticamente o conjunto de ordenha após cada ordenha para melhorar ou manter a saúde do úbere, economizar dinheiro para o pecuarista e manter a qualidade do leite para o consumidor. Ele é minucioso quando se trata do bem-estar do seu gado leiteiro.

Millers Court Farm perto de Malvern

Unidade de Ordenha ApolloMilkSystem
ApolloMilkSystem em funcionamento

Ed Newton da Millers Court Farm tem se beneficiado da tecnologia tanto quando se trata de uma melhor saúde do úbere e de produção de leite, quanto para obter uma maior qualidade do leite e eficiência de ordenha, que, por sua vez, levam a menores custos para a fazenda perto de Malvern. 

Ed Newton começou a ordenhar na sua nova sala de ordenhaEuroClass 800/20/40 SwingOver da GEA em setembro de 2015. Atualmente, ele está ordenhando 500 vacas na sala de ordenha equipada com o O ApolloMilkSystem da GEA. A sala de ordenha também possui um piso móvel, o Ego lifting floor, que pode levantar ou abaixar para se adaptar à melhor altura de trabalho para o ordenhador. ThePosiSwing, braço de posicionamento, oscila de maneira suave e liga automaticamente a unidade quando o ordenhador está pronto para colocar a unidade na vaca. A unidade de controleDemaTronse conecta ao softwareDairyPlan DairyPlan de gerenciamento do rebanho mantendo um canal bidirecional de informações para que o operador possa estar sempre informado e, desse modo, consiga controlar facilmente suas vacas.

“A ordenha das vacas está correndo muito bem, com uma média de 34 litros, com 11 casos de mastite a cada 100 vacas, sendo a minha contagem média de células nos últimos 6 meses de 116,” afirma Ed. “Estou feliz com minha decisão de comprar uma sala de ordenha GEA para mim e para meus colaboradores”, acrescenta.

 

A mais alta eficiência e qualidade do produto

A eficiência do sistema é uma das principais vantagens para a fazenda e seus empregados. David Simmons, Head of Milking & Dairy Farming da GEA no Reino Unido explica o porquê. “Ele é muito mais eficiente do que usar um método manual, como um pulverizador ou um copo para imersão”, afirma David. “É um trabalho a menos para o ordenhador e ele poderá ter a certeza de que é sempre realizado de maneira consistente”.

O ApolloMilkSystem usa exatamente a fórmula certa de imersão do teto em iodo para assegurar um alto nível de desinfecção e com sua válvula de segurança patenteada incorporada, evitar a contaminação do leite. Com cada caso clínico de mastite estimado em custos por vaca de £200 em média, estas atividades que minimizam novas infecções intra-mamárias podem permitir economias para o fazendeiro a longo prazo.

A exclusiva válvula de segurança do leite desenvolvida pela GEA, separa efetivamente o intermediário do processo de dipping do leite, assegurando assim de que não exista a possibilidade do iodo contaminar o leite. O ApolloMilkSystem apresenta o premiado conjunto IQ com cada um dos quatro úberes ordenhados em câmaras separadas para eliminar o cruzamento de cada um deles e as infecções intra-mamárias através do conjunto, já que lava automaticamente o conjunto de ordenha usado para impedir qualquer possibilidade de infecção cruzada entre as vacas.

Voltar