A BRF (Holanda) comprou o protótipo do primeiro CookStar e ainda trabalha dias após dia com o CookStar da GEA desde 1993

Perfil do cliente

No início dos anos noventa, quando os produtos industrializados começaram a ganhar força, a BRF (antiga Plusfood que depois passou a se chamar Friki) foi pioneira na Holanda. Ale Douma, Gerente Técnico da época, lembra como a GEA (então chamada de Koppens) ajudou sua empresa a transformar um processo de trabalho intensivo em uma das linhas mais avançadas do seu tempo. A colaboração levou ao CookStar, e o protótipo trabalha de forma confiável em sua fábrica até hoje. 


"1000 quilos por hora, 24 horas por dia, cinco dias por semana. Por 25 anos contínuos! “ Jan Bergsma

O desafio

Jan Bergsma e Ale Douma

Ale diz: “Estávamos fazendo muito trabalho manual preparando nossos produtos avícolas, e isso estava ficando caro. Nós estávamos fritando e depois cozinhando em bateladas em fornos com capacidade muito limitada. Eu precisava de uma solução em linha”. Depois de investigar o que estava acontecendo nos EUA, onde a tecnologia de fornos em linha oferecia até 20 metros, a BRF procurava um parceiro mais próximo de casa. A BRF tinha testado suas próprias ideias. E a relação com a GEA era boa. “Nossas duas empresas tinham uma atitude semelhante quanto à inovação e culturas similares. Houve um clique desde o início. Eu precisava de um forno com uma esteira de comprimento de 70 metros. Era maior que o comprimento da nossa fábrica! O jeito foi fazê-lo em espiral! ”, diz Ale. Naquela época os congeladores industriais usavam essa configuração, mas os fornos não.

“Nossas duas empresas tinham uma atitude semelhante quanto à inovação e culturas similares. Houve um clique desde o início”, diz Ale Douma

O desempenho certo

Produtos acabados empanados da BRF na esteira

O resultado foi um produto completamente novo. O Gerente de Produção, Jan Bergsma, acrescenta que “sendo um forno espiral duplo, a entrada e a saída estão no mesmo nível. Um recurso exclusivo que preserva a qualidade do produto. Mas o benefício real foi o enorme avanço na capacidade. 1000 quilos por hora, 24 horas por dia, cinco dias por semana. E se mantém em funcionamento sob qualquer condição”. 

Vinte e cinco anos depois, aquele forno original ainda está no mesmo lugar. E a forte relação entre as duas empresas ainda é tão forte quanto antes. Ale continua: “O CookStar mudou nossa maneira de cozinhar”.

25 anos de inovação com o CookStar da GEA

Com a introdução do primeiro forno espiral de 2 partes do mundo em 1992, o CookStar da GEA começou a estabelecer novos padrões para cocção industrial. Evoluindo ao longo do tempo do conceito mundial de apenas cozimento de três fases para um forno espiral duplo, ele ainda é líder em termos de inovação, desempenho e confiabilidade. Já por 25 anos contínuos…

Voltar