A fabricante de bebidas Lotte Chilsung Beverage era uma novata no mercado de cervejas na Coreia do Sul quando lançou sua nova marca, Kloud, em 2014. A cerveja foi um grande sucesso e a existente cervejaria Lotte Chilsung Beverage rapidamente atingiu sua capacidade. Em abril de 2015 a GEA ganhou o contrato para projetar, entregar e instalar os equipamentos para a nova cervejaria da Lotte Chilsung Beverage, que estava sendo construída para triplicar sua capacidade de produção.

Garrafa de Kloud, da Lotte

A Lotte Chilsung Beverage (LCB) faz parte do Grupo Lotte, uma organização dentre as top 10 da Ásia, que possui mais de 50 companhias na Coreia, Japão e no exterior. Durante o ano de 2014, a LCB entrou no mercado local de cervejas na Coreia com sua cerveja de estilo alemã pilsen de alta qualidade, chamada Kloud. Os cervejeiros coreanos desenvolveram a receita da Kloud com 100% de malte e lúpulo, seguindo o regulamento alemão sobre a pureza da cerveja, o Reinheitsgebot, e ainda buscaram ingredientes da mais elevada qualidade junto aos produtores de lúpulo alemães e tchecos. 

A cerveja Kloud da LCB conquistou um rápido sucesso no mercado coreano, e em um ano a companhia precisou aumentar significativamente a capacidade da produção para atender a demanda. A LCB procurou um parceiro experiente no setor para colaborar na construção e equipagem da novíssima cervejaria, com uma capacidade inicial de produção de 2 milhões de hectolitros por ano. Após considerar um número de opções, a empresa escolheu a GEA um dos fabricantes líderes mundiais em equipamentos para cervejarias novas e em funcionamento – com um contrato para projetar e construir a nova cervejaria LCB.

A Lotte segue rigorosas diretrizes corporativas para a fabricação sustentável e a utilização racional dos recursos, e os critérios da empresa quando selecionou a GEA como seu fornecedor incluíram a qualidade, a eficiência, a flexibilidade, a confiabilidade e a proteção do meio ambiente. A sustentabilidade tem sido uma prioridade durante toda fase de planejamento e engenharia do projeto.

A GEA projetou a cervejaria desde sua idealização e incorporou suas tecnologias e equipamentos de ponta para a nova sala de cozimento, bloco frio e utilidades, desde o manuseamento das matérias-primas passando pela transferência do produto acabado para o envase.A empresa está trabalhando com seu parceiro local de confiança, a Soo Nam Enterprise, para a execução do projeto e o suporte local na Coreia e com a Lotte Engenharia e Construção, que é responsável pela construção civil e instalação. A construção da nova planta tem estimativa de ser finalizada em dois anos, com previsão de que a cervejaria inicie sua produção em meados do ano 2017.

A nova cervejaria tem uma capacidade de 1200 hl por preparação e pode elaborar até 12 preparações dentro de um período de 24 horas. A LCB selecionou o sistema LAUTERSTARTMda GEA para o processo crítico de clarificação. O sistema LAUTERSTARTMcombina o design inovador com a operação perfeita para coleta e aspersão do mosto. O processamento é monitorado e controlado usando o software de automação Multifunctional Lautering Management, MLM, da GEA para garantir um alto rendimento e qualidade do extrato.

Para uma suave fervura do mosto com vapor em baixa pressão, a GEA está instalando o JETSTARTMum sistema de fervura do mosto em duas fases, uma fervura branda e outra evaporação. O versátil JETSTARTM dá aos cervejeiros a capacidade de processar diferentes marcas de cerveja, cada uma com suas próprias características. A instalação do Sistema de Recuperação de Energia da GEA reduzirá o consumo de energia para os processos de aquecimento em até 30%.

Lata de Kloud, da Lotte

Para o bloco frio da nova cervejaria, a LCB estava procurando a máxima flexibilidade, combinada com os mais altos padrões de segurança, mas a um preço razoável. O design da área de processo frio incorpora o sistema de tubulação GEA ECO-MATRIXTMcom válvulas à prova de mistura de dupla sede da GEA.

O equipamento adicional da GEA instalado na nova planta inclui o sistema YEASTSTARTM para controle e propagação da levedura. E para o crítico processo de filtração da cerveja, a GEA está instalando dois sistemas de filtração por membrana com membranas poliméricas, cada um dos quais terá um separador GEA associado, junto com um sistema de estabilização em linha e de filtração estéril a frio. Esta configuração com redundância incorporada irá garantir uma operação contínua para maximizar a capacidade.

A GEA também forneceu tanques externos largos cônicos-cilíndricos (CCTs) e tanques para cerveja filtrada (BBTs). As partes dos tanques foram pré-fabricadas em Ziemann, Buergstadt, e depois montadas e isoladas no próprio local.

Um sistema Braumat apoiará todo o processo de automação e cobrirá toda a área de produção, incluindo o manuseio de matérias-primas e utilidades, a partir de uma sala de controle central.

Com um prazo previsto para a construção e edificação de aproximadamente dois anos, o novo local está programado para produção em meados de 2017.

Voltar