A GEA não apenas fornece tecnologia para cervejeiros, mas também a nova tubulação de processo para o produtor de vinho espumante no coração da região vitícola no Norte da Alemanha, em Saale-Unstrut.

Empresa tradicional de vinho espumante

Desde o início dos anos 90, foram feitos investimentos contínuos na histórica empresa de vinho espumante localizada em Freyburg on the Unstrut. Junto com a instalação do sistema de estabilização de tartarato da GEA, a GEA Brewery Systems iniciou a integração da tecnologia de processo e sistemas de tubulação.

Na primavera de 2011, a Rotkäppchen-Mumm Sektkellereien decidiu fazer com que o equipamento de produção em Freyburg estivesse apto para o futuro. A capacidade de abastecimento aumentou para as atuais 20.000 garrafas por hora a 28.000 garrafas por hora. Este aumento de capacidade, portanto, afeta o processo de produção global.

Em detalhes, isto significa:
• Configuração de três salas de fermentação com 36 tanques de fermentação cada (cada um com um volume de abastecimento de 160.000 l)
• Tubulações de processo das novas salas de fermentação
• Aumento do abastecimento e esvaziamento das capacidades na fermentação das salas 1 -7 já existentes
• Aumento da capacidade do equipamento de filtração e estabilização do tartarato
• Novo sistema para engarrafamento de 28.000 garrafas por hora

Passo a passo

Sistema de tubulação para painéis de comutação fixos

Na primeira fase de construção, no início de maio, a GEA começou a realizar a tubagem do processo na sala de fermentação 8 com 36 tanques de fermentação. Isto incluiu também a ligação do processo com a sala de fermentação 7 para vinho, vinho espumante, água e saída de ar.

No total, 1250 metros de tubos de aço inoxidável, com um diâmetro nominal de DN 50 a DN 80 serão instalados nesta área sobre suportes de aço inoxidável, como a tubulação fixa que feita nas salas de fermentação já existentes. Já na época, este sistema de tubulação com painéis de comutação permanentemente instalados (como na foto) substituiu o sistema da antiga mangueira, porque é muito mais fácil de manipular pela equipe operacional e garante o aumento da segurança no trabalho.

Os tanques de fermentação foram projetados com válvulas de fechamento operadas de modo manual, porque elas são abastecidas e esvaziadas apenas duas vezes por ano. Os tubos curvados possuem uma válvula de expansão, para que seja mais fácil para a equipe operativa afrouxar a conexão do parafuso (6-8 bar g de pressão de operação). Todos os trabalhos de instalação e soldagem foram realizados por nosso pessoal qualificado. É dada especial atenção aos tubos longos com o gradiente correspondente, bem como a projeção das emendas das soldas, que não pode exceder 10% da espessura da parede. Para todos os tubos, é usado o método de solda com gás inerte TIG; em seguida, as emendas externas da solda são passivadas (em conserva). Os tubos são colocados paralelos às fileiras de tanques e da extremidade antes de cada tanque com uma válvula de disco manual para vinho ou espumante. Por razões econômicas, existem conexões de grupo para o ar de exaustão para as linhas do respectivo anel.

Voltar