A Anders! permite que os amantes da cerveja artesanal experimentem suas ideias sem ter sua própria cervejaria: Anders! Brouwerij em Halen, na Bélgica, produz cerveja artesanal a partir das receitas de clientes com qualquer combinação possível. O novo equipamento da GEA aumenta a eficiência e capacidade da cervejaria contratada. Uma tripel belga com pimentas Sichuan ou pepinos? Para os cervejeiros da belga Anders! Na Brouwerij, nenhuma receita é considerada estranha para ser testada nas unidades de produção em Halen. Para transformar essas ideias em saborosas cervejas, você precisa de um mestre-cervejeiro capacitado, uma cervejaria audaciosa e um equipamento técnico capaz de atender aos mais altos padrões de qualidade ao realizar tais experimentos. A cervejaria contratada Anders! vem usando a tecnologia da GEA desde 2016 e está pronta para falar sobre sua experiência.

A interpretação da Anders! em relação a contratação de cervejarias.

A cervejaria foi fundada em 2012 e insiste no ponto de exclamação em seu nome: "Anders!" Eles se consideram libertários e querem produzir cervejas incomuns sem colocar limites na criatividade dos seus clientes. “Os amantes de cerveja chegam até nós e querem algo mais do que os produtos comuns, mas eles não têm a tecnologia e a experiência que precisam para produzir uma boa cerveja”, afirma o mestre-cervejeiro Pieter de Bock. “Nosso modelo de negócios tem sido um êxito, passamos de um plano inicial de produção de 3 mil hectolitros de cerveja por ano para 20.000 dentro de um período de apenas três anos".

De 20.000 para 40.000 hectolitros por ano

Os clientes normalmente vêm da Bélgica, Holanda, Alemanha, França e Escandinávia e formam uma comunidade fechada, o que é típico do movimento de cervejas artesanais. A Anders! produz atualmente mais de 200 tipos diferentes de cerveja por ano, que são consumidos em lugares tão distantes como a China, o Brasil e a América do Norte. Para poder lidar com a demanda crescente, a Anders! decidiu expandir suas instalações – e trabalhar com a líder mundial de tecnologia para cervejarias, a GEA, incluindo sua CRAFT-STAR™, uma completa sala de brassagem montada em um skid. A cervejaria é capaz de produzir cinco preparações e 200 hectolitros de cerveja por dia ou 40.000 a 50.000 hectolitros por ano funcionando 24 horas por dia, explicou Pieter de Bock, o qual teve um papel fundamental no Programa de expansão 2.0 da Anders!. 

Tudo de uma única fonte

Por que os cervejeiros escolheram a GEA? “Queríamos fazer nosso mais importante investimento com um único parceiro, para que não tivéssemos que integrar diferentes sistemas”, afirma Pieter de Bock. “A GEA é conhecida pela liderança tecnológica. Como nós costumamos dizer na Bélgica: ela é ‘Gründlichkeit (minuciosamente) alemã’ – e isso foi importante para nós. Além disso, nosso contato pessoal aqui na Bélgica era um rapaz que sabe muito sobre a produção cervejeira e nós estávamos na mesma página." Desse modo, os cervejeiros artesanais belgas trabalharam com a GEA na tecnologia para toda a área de processamento frio e a quente. A tecnologia para a sala de brassagem inclui o sistema de moagem húmida, MILLSTAR™ da GEA, sala de brassagem artesanal CRAFT-STAR™ da GEA e a unidade de aeração de mosto WORTSTAR™ da GEA com refrigerador de mosto, tudo para permitir uma produção eficiente. A Anders! usa o moinho MILLSTAR™ totalmente automatizado de 2,5 toneladas que promove simultaneamente a moagem e a pré-mosturação. O moedor de malte assegura uma alta qualidade contínua e melhora a filtração na tina de filtração – um dos mais importantes critérios na seleção dos fornecedores, já que a cervejaria precisa oferecer resultados confiáveis e consistentemente bons para seus clientes.

O versátil CRAFT-STAR™ da GEA é ideal para cervejarias artesanais especializadas.

Anders! CRAFT-STAR™
Desde o início de 2016, a Anders! tem produzido cerveja com a versão de 3 tinas da CRAFT-STAR™ da GEA.

“O CRAFT-STAR™ é ideal para cervejarias especializadas de porte médio como é o caso da Anders!, com lotes de 40 hectolitros de mosto quente. O cliente se decidiu por uma configuração de 3 tinas, com uma tina de mostura, uma tina de filtração e uma tina combinada de whirlpool/caldeira de mosto. A configuração pode realizar cinco preparações em 24 horas", declara o Gerente de Produtos da GEA, Oliver Jakob. O CRAFT-STAR™ é pré-montado e testado em Kitzingen como um sistema plug & play compacto com tubulações do processo, instrumentação e um sistema de automação. Portanto, o comissionamento no local leva apenas alguns dias. A Anders! ficou impressionada com a rápida instalação: Depois de apenas quatro a cinco semanas de montagem, os belgas já puderam testar a primeira cerveja.

Até 98% de rendimento de extrato na tina de filtração.

A eficiência do extrato é outro benefício da sala de brassagem. O rendimento da sala de brassagem é um resultado da eficiência do sistema de moagem junto com a tina de filtração. Os componentes fixos da mostura – os grãos de malte utilizados – são ali separados dos fluidos, por exemplo o mosto. “Nós podemos atingir cerca de 95 a 97% para uma cerveja típica Anders!", afirma Pieter de Bock com extrema satisfação. “As cervejas mais fortes tem um rendimento um pouco menor, mas ainda superior ao das outras tinas de filtração".

Alto rendimento garantido do lúpulo

Anders! Lúpulo Brouwerij
A Anders! produz mais de 200 tipos diferentes de cerveja por ano

Os rendimentos do lúpulo foram um desafio para os participantes do projeto: O rendimento do lúpulo é extremamente importante para as cervejas tipo IPA, do estilo americano que possuem uma intensa presença de lúpulo, as quais representam uma parte significativa das encomendas da Anders!. Como é possível extrair melhor os aromas do lúpulo? "O CRAFT-STAR™ combina o whirlpool, para separação do trub, e a caldeira de mosto em uma única unidade. O princípio por trás do dispositivo é simples, mas a eficiência do sistema de fervura e o design permitem que se perca muito pouco mosto”, afirma Oliver Jakob. Uma barragem para trub ajuda a processar o mosto até a última gota e remover a turbidez. “Juntos com a GEA, nós conseguimos obter a máxima eficiência do sistema", acrescenta o mestre-cervejeiro da Anders!. No total, o novo sistema é dez por cento mais eficiente do que o sistema anterior.

Cerveja versátil, sala de brassagem versátil

O fator decisivo para a Anders! foi poder contar com uma tecnologia que permitisse a implementação de uma ampla variedade de receitas solicitadas pelos clientes. Alguém que quer preparar uma cerveja leve à base de trigo num dia e uma dupla ou tripla encorpada no dia seguinte, precisa de uma tecnologia confiável. O sistema de controle do processo permite replicar perfeitamente as várias receitas – em qualquer momento e sempre que o cliente quiser preparar sua cerveja.

Clarificação, dosagem, pasteurização e carbonatação na área de processamento a frio

Processo de carbonatação da Anders!
A Anders! também confia plenamente nas soluções da GEA para a área de processamento a frio

Já que cada etapa do processo de produção de cerveja pode ter um grande impacto no sabor, cor, estabilidade da espuma e na maturação da cerveja, a Anders! também confia plenamente nas soluções da GEA para a área de processamento a frio: Uma placa de fluxo central abastece de mosto os tanques fermentadores cilindro-cônicos, que estão disponíveis nas capacidade de 40, 80 e 120 hectolitros, podendo acomodar de uma a três preparações. Após a fermentação e a maturação, a centrífuga da GEA assegura a turbidez requerida pela cerveja. Finalmente, um sistema fixo de tubulação é usado para transferir a cerveja acabada para os tanques de cerveja filtrada, onde é armazenada até o engarrafamento. Se necessário, os cervejeiros podem incluir skids adicionais entre os tanques de fermentação e de maturação, tais como uma unidade de dosagem em série para o açúcar líquido e levedura, se a Anders! quiser assegurar uma fermentação secundária na garrafa para as cervejas produzidas de acordo com as receitas belgas. A pedido dos clientes e dependendo da sensibilidade do produto, existe a possibilidade de adicionar um trocador de calor para pasteurização do produto, o Eco Flash Pasteurizer da GEA. Na última etapa, é usado um sistema de carbonatação para ajustar individualmente o conteúdo de dióxido de carbono.

Voltar