A GEA desenvolveu vários métodos para processar a lama de perfuração e a água nos conveses de plataformas e navios de perfuração. Esses métodos variam desde uma simples combinação de decantador e separador, a instalação a montante de um tanque escumador até a recuperação do valioso mineral pesado barita. Todos os três métodos já demonstraram seu valor no árduo ambiente de trabalho das plataformas de perfuração.

Combinação de Decanter e Separador

Plataformas e navios de perfuração apresentam exigências específicas no que diz respeito ao processamento da água de porões e da lama de perfuração. Em princípio, as plataformas e os navios são divididos em dois. No geral, é necessário tratar a água, que é equivalente a água de porões em navios normais e que pode ser tratada por meios correspondentes. Os separadores GEA de água de porões testados e comprovados são adequados para esse fim e estão sendo usados atualmente em centenas de aplicações em todos os tipos de navios.

No entanto, o desafio em conveses de perfuração é um pouco diferente. O processo de troca das tubulações de perfuração resulta em grandes quantidades de lama de perfuração com conteúdo muito sólido no convés. A água de drenagem representa grandes desafios em termos de processamento. A composição da água de drenagem varia consideravelmente. Sistemas de processamento de água de porões normal não são adequados para essa finalidade. Nesse caso, uma boa solução é usar uma combinação de Decanter a montante, que remove os sólidos grosseiros, e um separador a jusante. É naturalmente evidente que esse sistema completo precisa ser concebido com proteção contra explosão ATEX. A combinação de um Decanter e um separador tem demonstrado seu valor. Os números da MARPOL de menos de 15 ppm de óleo na água são atingidos de forma confiável e consistente. As empresas de perfuração já usaram essa tecnologia GEA em muitas ocasiões no passado para a construção de novas plataformas e navios de perfuração ou para a readaptação de equipamentos.

Tanque escumador superior

A experiência adquirida com o sistema combinado de Decanter/Separador tem sido usado pela GEA em conjunto com empresas de perfuração e estaleiros a fim de desenvolver e melhorar ainda mais o sistema de drenagem dos conveses de perfuração. O uso de um tanque escumador no início do processo foi uma boa solução para a separação preliminar de partículas muito grandes, como pedras e latas de bebidas, bem como de sólidos flutuantes.

Recuperação adicional da barita com o decantador de classificação

Um tratamento especial é necessário para o mineral pesado barita (sulfato de bário), que tem uma densidade específica mínima de 4,20 g/cm3. A barita relativamente cara é adicionada à lama de perfuração a bordo para espessá-la. Esse mineral raro e valioso teria que ser eliminado junto com a lama de perfuração seca se não pudesse ser precipitado separadamente. No entanto, ele é muito precioso para isso. Para recuperar a barita para reutilização como aditivo à lama de perfuração, a GEA desenvolveu a possibilidade de instalar um Decanter de classificação especial no início do processo do Decanter de separação. Esse Decanter especial remove apenas sólidos muito pesados da lama. O rigMaster CF 4000 GEA da nova geração de Decanteres ecoforce é usado para essa aplicação, com vantagens inerentes como operação robusta e máxima disponibilidade, capacidades de alto rendimento, excelente eficiência de separação e baixo consumo de energia. A separação da barita está sendo atualmente utilizada por várias empresas de perfuração.

Voltar