O sistema ABF (Aseptic Blow Fill) da GEA produz atualmente os produtos de baixa acidez na nova fábrica da Pokka Corporation Singapore na Malásia, o primeiro sistema desse tipo na Ásia. A Pokka Singapure, sob controle da Pokka Sapporo Food & Beverage Japan Group, fabrica e comercializa uma ampla gama de bebidas sob o nome da famosa marca "Pokka". Eles exportam para mais de 60 países no mundo todo. O seu foco contínuo na melhoria da qualidade e implementação de sistemas e processos inovadores, junto com sua extensa experiência na indústria de alimentos e bebidas, ajuda a Pokka manter a sua posição como um dos melhores da indústria.

O ABF é um sistema validado para produtos de baixa acidez

Bebidas de baixa acidez produzidas pela Pokka
Bebidas de baixa acidez produzidas pela Pokka

Com uma grande cerimônia de abertura realizada em Johor Bahru, na Malásia, a Pokka Singapore comemorou o lançamento da produção de seus produtos renomados como o chá verde de jasmim, crisântemo, chá Oolong, café com leite premium, chá com leite premium com uma nova linha PET asséptica fornecida pela GEA Procomac da Itália. Estes produtos de baixa acidez, extremamente sensíveis do ponto de vista microbiológico, devido a seus ingredientes naturais, são produzidos por uma moldadora de sopro de 14 cavidades à velocidade de 28.000 bph com garrafas de uma única porção e 13.000 bph para garrafas de 1,5 L.
Escolher um sistema assim tão inovador como o ABF da GEA, composta por uma moldador de sopro asséptico rotatória com um filtro e uma tampadora asséptica integrados, significa escolher a solução mais avançada para abastecer assepticamente as bebidas de forma sustentável. O ABF utiliza esterilização pré-forma seca de H2O2, uma economia inteligente e orientada para a tecnologia inovadora que oferece o máximo de eficácia para o processamento tanto de bebidas com alta acidez quanto aquelas de baixa acidez. O sistema usa um fluxo de peróxido de hidrogênio vaporizado a temperatura controlada, concentração, tempo de contato controlado e a taxa de fluxo para atingir uma esterilização efetiva (Log 6) da pré-forma na saída do forno.

Após a fase de esterilização, as pré-formas entram dentro de um isolador microbiológico, que envolve a roda de insuflação real. A máquina de estiramento de sopro é o primeiro sistema de moldagem por sopro verdadeiramente asséptico e é parte integrante do ABF. Todos os componentes não-laváveis, tais como componentes elétricos e mecânicos que requerem lubrificação, estão localizados fora da zona estéril. Todas as superfícies da zona estéril são acessíveis e podem ser limpas com espuma automática e esterilizadas por um ciclo de esterilização automática com VHP, realizada antes de iniciar cada ciclo de produção. Para garantir a qualidade máxima do produto final, o sistema tem enfrentado e superou com sucesso uma sequência de testes rigorosos de descontaminação (testes de desempenho) em todas as superfícies isoladoras microbiológicas, como a ventoinha, enchimento e capsulador, e no pré-molde e da tampa (internamente e externamente), atingindo até uma redução de log 6 no microorganismo alvo (em B. atrophaeus).

No entanto, para entrar em produção comercial, a ABF também teve de passar por um teste de enchimento de produção com um produto de baixa acidez específico e muito sensível (teste de enchimento caldo) e também nesse caso, demonstrou total e completo controle em termos de pontos de controle críticos e possíveis riscos microbiológicos. O ABF da GEA revelou-se, com zero garrafas contaminadas ao longo de um total de 30.000 garrafas produzidas, ser um sistema robusto e confiável.

O ABF da GEA é um sistema validado de baixa acidez que garante a máxima qualidade do produto, graças ao controle total sobre qualquer possível risco microbiológico.

Voltar