Dessecação eficiente de petróleo bruto com as soluções de centrífugas da GEA

Não há óleo sem água: Não apenas petróleo bruto, mas também grandes quantidades de gás, água e material particulado são produzidos durante o tempo de exploração de um campo petrolífero. Antes que o petróleo possa ser vendido e transportado para uma refinaria para o processamento posterior, ele deve primeiro atender a um padrão de qualidade (“sedimentos e água básicos”, ou BSW) que exige que o crude seja amplamente livre de água e partículas transportadas. O petróleo bruto é dessecado (desidratado) usando centrífugas de alta velocidade da GEA, que também removem os sais dissolvidos na fase aquosa, além de partículas sólidas finas. As soluções de centrífugas personalizadas e integradas da GEA lidam com essas tarefas de maneira confiável e eficiente.

Lidando com os crudes pesados

As centrífugas da GEA não estão confinadas a petróleo de baixa e média densidade e viscosidade. Elas também dessecam e dessalinizam crudes pesados (descendo de API de 20° para API de 13°, ou gravidades específicas de 0.93–0.98), cuja experiência tem mostrado ser difícil de tratar usando métodos convencionais de gravidade e eletrostática.

A pequena diferença de densidade entre o petróleo e a água nessas gravidades API só pode ser eficientemente explorada usando altas forças G criadas através de aceleração centrífuga, que é precisamente a vantagem das centrífugas da GEA. A tecnologia centrífuga também minimiza os requisitos operacionais de aquecimento, diluição, água de lavagem e aditivos químicos. Tudo isso significa uma redução significativa nos custos de operação.

Poderosas centrífugas para aplicações offshore e onshore.

As principais características das centrífugas da GEA para dessecar o petróleo bruto são:

  • Unidades eficientes e confiáveis, tanto com acionamento direto quanto com acionamento por correia.
  • Altas forças centrífugas e grandes áreas de clarificação separam de forma confiável a água e as partículas transportadas.
  • Altos rendimentos.
  • Designs robustos, compactos, leves e com eficiência energética.
  • Facilidade de instalação e operação significando sistemas eficazes e fáceis de usar. 
  • Monitoramento abrangente das condições do processamento.
  • Insensível a movimentos, como por exemplo, em instalações flutuantes.
  • Flexível em termos de relação óleo/água.

As centrífugas da GEA são fabricadas com materiais de alta qualidade, incluindo aços duplex e super duplex, para suportar as duras condições de processamento encontradas na produção de petróleo e os elevados desgastes experimentados na operação. Isso lhes permite atender às demandas dos nossos clientes por vidas operacionais longas e eficientes. Os designs otimizados da GEA lidam facilmente com variações tanto nas condições de alimentação como nas características do petróleo. Com sua combinação de alta eficiência de separação e pequenas dimensões, as centrífugas da GEA são ideais para uso offshore, onde o espaço é sempre um problema, embora sejam igualmente eficazes em aplicações onshore.

Sistemas completos plug e play

Dependendo das características do produto, a GEA oferece centrífugas tipo bocal ou centrífugas tipo disco auto-ejetável. Para dessecação de petróleo bruto, podemos fornecer tanto máquinas independentes ou instalações “plug & play” completas, incluindo bombas, filtros, sistemas de controle e equipamentos de supervisão. Para instalações que exigem sistemas à prova de gás e protegidos contra explosão, a GEA também fornece pacotes Ex completos dentro das normas ATEX/ISO com isolamento com nitrogênio.

Duas centrífugas pelo preço de uma

Durante a longa vida de um reservatório, a proporção de água para petróleo geralmente aumenta. Isso pode perturbar o desempenho dos equipamentos de dessecação convencionais e, em última instância, exigir investimentos adicionais em tratamento de água, para deixar os sistemas de tratamento de petróleo com capacidade de reserva.

As centrífugas de disco-prato da GEA são tão flexíveis que podem lidar facilmente com as condições de mudança de alimentação, reduzindo assim ao mínimo os custos de investimento. É até mesmo possível converter uma centrífuga da GEA de dessecação do petróleo para limpeza de água oleosa. Isso requer mudanças mínimas na máquina e pode ser feito rapidamente usando um kit de conversão fornecido pela GEA.