Culturas iniciadoras bacterianas

Uma fermentação iniciadora ou uma cultura iniciadora é uma formulação usada para iniciar o processo de fermentação em várias indústrias de alimentos e renováveis até biotecnologia e farmacêutica.

Na indústria farmacêutica, as bactérias são usadas para produzir antibióticos, vacinas e enzimas úteis para aplicações clínicas. A indústria de biotecnologia usa as células bacterianas para a produção de substâncias biológicas úteis para a existência humana, incluindo combustíveis, alimentos, medicamentos, hormônios, enzimas e proteínas e ácidos nucleicos, resultando no desenvolvimento de hormônios humanos, como a insulina, enzimas como a estreptoquinase e proteínas humanas como interferon e fator de necrose tumoral. Esses produtos são usados para tratamento de várias situações e doenças, incluindo diabetes, ataque cardíaco, tuberculose, AIDS e LES (lúpus).

Cultivo, processamento, coleta

As culturas iniciadoras são derivadas de múltiplas espécies produzidas empiricamente, com o objetivo de obter um produto final com características de qualidade e quantidade previsíveis e reproduzíveis. A produção de culturas iniciadoras pode ser dividida em duas seções. 

Após a fermentação, as bactérias devem ser processadas e separadas da solução de fermentação, coletando os micro-organismos cultivados do restante da solução de nutriente. Inicialmente as bactérias são separadas da fase líquida e concentradas: as centrífugas de bicos e de limpeza automática esterilizáveis a vapor estão disponíveis para essa etapa do processo. 

Em seguida, a cultura concentrada é transferida para um liofilizador e passa por secagem. Finalmente, as culturas são embaladas em condições herméticas e armazenadas em baixas temperaturas. 

Processamento asséptico

O tratamento cuidadoso da cultura ativa, esterilidade e altas eficiências de separação são pré-requisitos para o processamento econômico, confiável e eficiente de culturas iniciadoras bacterianas. Por isso, as centrífugas da GEA são equipadas com sistemas de alimentação de produto de forma hidro-hermética que minimizam as forças de cisalhamento experimentadas quando o produto entra no tambor, mantendo a integridade das célulass.