Tratamento térmico asséptico

O tratamento com temperatura ultra-alta (UHT) é uma etapa essencial na fabricação de produtos de fórmula líquida nutricional, que são embalados como formulações estéreis que tendo uma longa vida de prateleira à temperatura ambiente.

Tratamento térmico para fórmula nutricional líquida de longa duração

A manutenção da esterilidade significa que, após o tratamento UHT, todos os processos seguintes, incluindo a embalagem, também devem ser realizados em condições assépticas. Os clientes da GEA em todo o mundo confiam em nossos processos assépticos robustos e suaves, desde o processamento com UHT, homogeneização e desaeração, até envase por sopro e colocação da tampa. Nosso abrangente portfólio de plantas e soluções foi projetado para prometer operações sem falhas e segurança microbiológica para qualquer processo, produto ou capacidade.

Tratamento UHT para máxima segurança microbiológica

O processo UHT envolve o aquecimento do líquido até o valor máximo de 150°C por 2 a 3 segundos e, em seguida, o imediato resfriamento a 5-6°C. Embora esse método efetivamente mate todas as bactérias prejudiciais, é muito importante que o processo não prejudique os componentes nutricionais e nem altere as propriedades organolépticas dos ingredientes e do produto final. Com base em décadas de experiência, know-how, tecnologia e engenharia da indústria de lácteos, a GEA desenvolveu soluções de tratamento UHT com eficiência energética que prometem uma segurança microbiológica infalível, sem afetar a qualidade ou a estabilidade do produto final.

Planta UHT

Plantas UHT diretas e indiretas

Oferecemos plantas robustas para processamento UHT direto e indireto. Nossos simples trocadores de calor tubulares e multitubos para aquecimento indireto podem conseguir até 90% de recuperação de calor, enquanto o tratamento UHT direto que usa nossos equipamentos de resfriamento e de injeção de vapor rápidos é suave com as proteínas e outros constituintes principais dos produtos lácteos. Todas as nossas soluções UHT são projetadas para gerar produtos de alta qualidade com melhor sabor, menos oxigênio dissolvido e ótimo prazo de validade. E, como sabemos que cada cliente terá necessidades diferentes, adaptamos as soluções UHT para atender aos requisitos de produtos e processos, ao layout e à produtividade da planta.

Homogeneização asséptica

Ariete NS3090

O tratamento UHT é comumente seguido pela homogeneização asséptica de alta pressão para reduzir o tamanho das partículas e gerar uma emulsão estável com maior prazo de validade, viscosidade, sabor e cor. Nossa tecnologia de homogeneização asséptica Ariete com alta eficiência energética pode ser configurada para produção em escala industrial de fórmula nutricional líquida de alta qualidade, reduzindo o consumo de energia em até 7% com o uso da nossa tecnologia NanoVALVE™. A operação segura e regular e a fácil manutenção fazem do Ariete uma tecnologia fundamental para o processamento asséptico de produtos lácteos.

Desaeração

As fórmulas nutricionais líquidas passarão normalmente pela desaeração a vácuo para evitar a oxidação, um processo que geralmente é realizado como parte do processo de pasteurização. As plantas de desaeração da GEA são projetadas para maximizar a remoção de oxigênio do produto aquecido e apresentam trocadores de calor tubulares altamente eficientes para recuperar componentes de aroma, que são então devolvidos ao produto. Nosso sistema versátil pode ser totalmente integrado a um processamento térmico e apresenta CIP totalmente automatizado para reduzir o tempo de inatividade e garantir uma limpeza completa e eficiente em termos de recursos.

Tanque asséptico

O processamento ininterrupto para maximizar o rendimento e a capacidade é um dos principais objetivos de qualquer fabricante. A GEA oferece tanques estéreis ou assépticos que proporcionam um elo fundamental entre a planta de UHT e a linha de empacotamento e que minimizam os atrasos a montante e a jusante. As soluções da GEA possuem unidades de controle de temperatura e pressão incorporadas para segurança completa da planta, enquanto as barreiras de vapor em todas as bordas dos equipamentos periféricos são incluídas como padrão para garantir a esterilidade. E como oferecemos designs modulares e padronizados com preenchimento lateral ou inferior, os tanques da GEA são rápidos de configurar e instalar no processo existente. Nossos sistemas de tanques assépticos estão disponíveis com capacidades que variam de 200 a 100.000 l.

Sistema de sopro e envase

As garrafas PET são contêineres ideais para as formulações nutricionais líquidas altamente estáveis e de longa duração de hoje. Podemos fornecer sistemas de sopro, envase e colocação da tampa assépticos que garantem a esterilidade ideal das embalagens, para que nossos clientes possam ter certeza de que cada um dos seus produtos está seguro e livre de contaminação microbiológica.

A GEA oferece o equipamento mais avançado para produção de bebidas sensíveis, que abrange uma ampla gama de soluções de esterilização que lhe permitam selecionar a melhor tecnologia ou a combinação de sistemas para seus produtos e embalagens. Nossa tecnologia de vapor de peróxido de hidrogênio Whitebloc é ideal para uso com garrafas HDPE/PET. Para esterilização por vapor de peróxido de hidrogênio de tampas plásticas, oferecemos a família de sistemas Sterilcap VHP, e para folhas de alumínio podemos configurar o Sterilfoil VHP L de acordo com suas necessidades. Também fornecemos os sistemas à base de ácido peracético validados pela FDA, incluindo os equipamentos ECOSpin2 e Modulbloc, ambos adequados para contêineres de HDPE/PET. As tecnologias Sterilcap IM e Sterilcap L permitem a esterilização à base de ácido peracético completa e eficaz de tampas plásticas. Nosso sistema ABF 1.2 é a primeira tecnologia totalmente asséptica de blow-fill-cap do mundo e foi validado pela FDA para uso com produtos lácteos líquidos de longa duração.

Cercado por um ambiente de isolamento microbiológico e prometendo mais de 6 log de esterilização, nossas plantas de sopro e envase podem operar por ciclos prolongados de funcionamento contínuo antes da necessidade de limpeza/esterilização de rotina.