Bioquímicos não prejudiciais

Os bioquímicos são produzidos a partir de materiais renováveis ao invés de recursos ​​fósseis. Hoje em dia, as matérias-primas mais comuns utilizadas são o amido, açúcar ou óleos vegetais, em um futuro próximo, outras formas de biomassa, como a celulose, ganharão importância.

Completa tecnologia de processos

A conversão das matérias-primas naturais em compostos bioquímicos é mais comumente realizada por fermentação ou reação enzimática, ao invés de por meio de reação química.  

A GEA oferece uma gama completa de tecnologias de processo para a cadeia de produção bioquímica, incluindo: 

  • Equipamento de fermentação
  • Centrifugas de separação 
  • Filtração por membrana
  • Destilação
  • Cristalização por fundição 
  • Evaporação
  • Cristalização
  • Secagem 

Enfrentando os desafios das bio-indústrias

Os produtos químicos gerados de biomassa tem sido produzidos há mais tempo do que aqueles produzidos a partir de óleos fósseis ou carvões. Durante séculos, temos produzido muitos ingredientes para rações e alimentos, como o ácido cítrico ou aminoácidos, por fermentação, que tem substituído completamente a síntese por vias químicas. Além disso, a crescente consciência da diminuição dos recursos fósseis levou ao desenvolvimento de novos produtos e processos para a geração de produtos químicos. Como resultado, a produção de combustíveis, como o etanol e biodiesel a partir de biomassa, tornou-se uma indústria estabelecida.

A GEA possui larga experiência e muitos exemplos de instalações no setor das bio-indústrias. Também oferecemos plantas completas para a produção de modernos combustíveis e bioquímicos.

Também estamos ativamente envolvidos em pesquisa focada no desenvolvimento de produtos biotecnológicos inovadores em áreas como a produção de bioplásticos e substitutos de petroquímicos.

Por exemplo, óleos químicos à base de petróleo têm sido tradicionalmente utilizados para aplicações como surfactantes, higiene pessoal, sabões, detergentes e aditivos alimentares. Isso agora está mudando, porque as novas tecnologias emergentes estão permitindo que os óleos bioquímicos possam substituir os produtos à base de petróleo. A GEA fornece plantas completas para a produção destes modernos combustíveis e bioquímicos.

A aplicação comercial dos últimos avanços em biotecnologia industrial exige igualmente capacidades avançadas e soluções em tecnologia de processo. Um dos maiores desafios é a extrapolação com sucesso de processos feito em escala de teste para escala industrial. A GEA oferece centros de desenvolvimento e equipamento piloto para apoiar tais desenvolvimentos. Também podemos enfrentar desafios, tais como a combinação de diferentes etapas do processo no projeto da planta, e permitir um confiável ontrole de qualidade em escala industrial.

A larga experiência e conhecimento de nossos especialistas em tecnologia de processo, combinados com a nossa gama de equipamentos de alta qualidade e tecnologia , faz com que sejamos o parceiro ideal para a produção de compostos bioquímicos.