Bebidas funcionais e esportivas

As bebidas com marketing funcional e esportivo comunicam-se com o consumidor através do formato e aparência de sua embalagem. Os sistemas de enchimento asséptico da GEA permitem o processamento de embalagens dos mais diversos formatos com o máximo de qualidade e segurança

Energy

As bebidas funcionais são bebidas tipicamente à base de vegetais ou frutas que têm ingredientes adicionados com a intenção de atingir uma determinada função importante para a saúde.
Vários tipos de ingredientes são utilizados, como por exemplo: aminoácidos, vitaminas, sais minerais, moléculas anti-oxidantes, fibras, microrganismos probióticos e fatores pré-bióticos (fibras solúveis).

As bebidas funcionais possuem uma demanda crescente, pois os consumidores procuram produtos saudáveis e naturais, sem ter de recorrer a alimentos dietéticos, que são comumente associados com sabor ruim e aparência pouco atraente.

As bebidas esportivas são bebidas destinadas a agir como um suplemento para repor a água, eletrólitos e energia após o exercício e compreendem uma vasta gama de produtos que vão desde soluções nutricionais complexas destinadas a atletas aos produtos isotônicos mais comuns para os consumidores ocasionais. Estes produtos estão amplamente difundidos nas grandes cadeias de distribuição de varejo.
Existem diferenças funcionais entre esses tipos de bebidas:

Isotônicos: eles possuem a mesma concentração salina dos fluidos corporais; portanto, repõem rapidamente os líquidos e sais minerais perdidos com o suor e fornecem energia, graças ao seu conteúdo de carboidratos;

Hipotônicos: contêm moléculas em concentrações inferiores quando comparadas as aquelas encontradas no sangue; assim, a sua ação de reposição é mais rápida do que os das bebidas isotônicas, mas não tão benéfica quanto os carboidratos.

Hipertônicos: (com mais moléculas em comparação ao sangue) normalmente usados para ingestão de carboidratos após o exercício físico, a fim de complementar os estoques de glicogênio muscular.

Um dos principais fatores de marketing e fabricação que impulsionam o mercado das bebidas funcionais é o fato que elas não usam conversantes ou cafeína e são preparadas sem gaseificação. Os obstáculos deste mercado incluem equilibrar o teor de açúcar, os aspectos funcionais e o sabor; mas, o potencial de expansão em mercados emergentes é um fator que pode ajudar a superar esses problemas.